alentejanês!

Décimas VIII I

Por cá no meu Alentejo ÁRENCU é Pirilampo
Temos o nosso latim MIUTERA é Ponte de Pau
A Alcunha é ANEXIM Pano de azeitona é LARÁU
Cesto grande é CABANEJO. TUBARÕES são os Cogumelos do campo.
A Gorgeta é MELHADURA ENTREMENTES é Entretanto
A Diarreia é SOLTURA Chamam COITO à COUTADA
As Fezez INQUIETAÇÕES Muitos cães, é uma CANZUÁDA
Mas ó que lindas expressões Mas que léxico tão bonito
Vindas de gente tão pura! Se vou sair; eu me QUITO

II IX
Grande jantarada é PANCÃO Cama no chão é CAMASTRALHO
CARAMELO é àgua Gelada Concha de búzio é BUZINO
Pote de barro é AZADA Ao Soco chamam MOQUINO
E ZEBRE Oxidação. COPA é Roupa de agasalho.
Homem trído é CABRÃO Chamam CHINAS ao Cascalho
Mulher de mau porte é MACHORRA E às beatas BARONAS
Neste meu vocabulário Os amendoins são ERVELHANAS
Eu ando a ler ao contrário CAREPA é Caspa a cair
Isto é que vau uma PORRA! Como é tão bom ouvir
Estas expressões Alentejanas
III X
MORRINHA é Epidemia ESCARIÓTE é um ser fugidio
E SISMA é fixação E o Armazém é um CASÃO
DESASTRE É Acidente de viação CISCO é resto do Carvão
CHAPA é uma Radiografia. ESCONFIQUE eu Desconfio
CATARRAL é Pneumonia Tudo o que é Arisco é GENTIO
Deitar fora é AVENTAR E ao Orvalho Chamam MARGIA
CAGÁÇO é Medo a fartar Lamaçal é ENXÓVIA
E RETOIÇAS são Brincadeiras E as CARRAÇAS são Carrapatos
Chamam CABRAS às frieras São estes os meus relatos
Mas que dialeto invulgar Que fiz em verso de um dia
IV XI
Ao vadio chamam GANDULO TRÁITA, é ter certo costume
GIRÓLMO é sempre Jerónimo BUZIO é estar Embaciado
Um gajo é um homem Anónimo BORCALHOe mal-educado
Estar cheio é estar GAGULO. LUMINÁRIA é um grande lume.
Ao inchaço chamam MATULO Ao Suco chamam CERUME.
BORREGA é Bolha no pé Um LaRILA é um Maricas
Banco de madeira é GANAPÉ Os TATARANHOS são Riscas
E CEGA REGA é uma cigarra E ZAROLHOb é quem vê mal
Parece mentira até! Neste canto de Portugal
V Às Fendas chamam TALISCAS VELHACAS são pessoas más XII E TRONCAS Mulheres da vida BOCA DO CORPO é a Vagina
Multa é MURTA toda a vida REGEMENTO é o período pós parto
SONTORDIA, foi há um tempo atrás. Chamam SARDÃO ao Lagarto
Chamam SOFÁZES aos Sofás E QUINTA à Joaquina
E COVA a um grande Vale Coisa Ruim é MALINA
MONQUITA é Corrimento nasal LOSTRAS são Manchas na pele
Ò AIK é Abalar à pressa Um BARAÇO é um cordel
Para mim não há conversa MAIS QUE MUITOS é muia gente
É um dicionário especial. BRINHOL É Fartura quente
Na boca do TI MANEL
VI XIII
TROPEÇO é Banco de cortiça Por fim, direi que é bizarro
E os TRÁSTES são Mobília Às nádegas chamarem NALGAS
Lagarta chamam ROSQUILHA E às Mulheres ricas FIDALGAS
MELA E BÔBAS à Preguiça. E QUARTA ao púcaro de barro.
Chamam QUDRA à cavalariça Chamam MURRÃO à cinza de cigarro
E aos Calos são MUNETES E a Mascara é uma CARAÇA
Aqui e em todo lado~ Muito barulho é ARRUAÇA
Eu cá fico admirado E as Faúlhas são CASTELHANOS
Chamarem à Meias aos SUQUÉTES! Estes vocábulos Alentejanos
VII Digam lá se não têm graça?
ABUINHA é Borboleta XIV
IMPÁR é Gemer de dor Ditas estas palavrinhas
Fora daqui diz-se;ANDOR Muitas mais há para dizer
Masturbação é Punheta. Não quero ningém aborrecer
A Mulher trigueira é PRETA Com as minhas ladainhas.
Mofina é ser Egoísta Eu apenas segui as linhas
Quem protesta é COMUNISTA Do Dialeto regional
Mas não creio nessa versão Porém não quero deixar mal
TESTÓ, é para afastar o CÃO Todos os Alentejanos
Ricas palavras à vista E os meus queridos conterrâneos
Do concelho do Alandroal.

Anúncios

Deixar uma resposta. Leave a reply.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s