Finlândia “sick man of Europe” planeia cortar férias e subsídios para reanimar a economia.

Cortar dois feriados, O primeiro dia da licença será não remunerado, enquanto o restante será pago em 80 por cento do salário normal, Pagamento de horas extras e domingo também será cortado, trabalhadores do estado terão o direito de licença anual reduzido de 38 dias para 30… Seus custos laborais são um quinto mais elevado do que na Alemanha ou Suécia vizinha enquanto um enorme “baby boom” do pós-guerra significa que tem o mais rápido envelhecimento da população do mundo, atrás do Japão. Uma tentativa anterior de reformar o sistema de saúde da Finlândia foi torpedeada porque ele violava a constituição da Finlândia…

Onde será que eu já vi isto…

Ler mais no  Financial Times (Richard Milne, Nordic Correspondent) aqui

Anúncios

Deixar uma resposta. Leave a reply.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s