Quanto custam os sindicatos aos contribuintes? Quem controla?

Quanto custam os sindicatos aos contribuintes? Quem controla?
INVESTIGAÇÃO MOSTRA QUE OS SINDICATOS CUSTAM MAIS DE 6 MILHÕES DE EUROS E QUE NÃO EXISTE FISCALIZAÇÃO SOBRE A VERACIDADE DO NRº DE ASSOCIADOS.
Sindicatos e patrões recebem milhões do Estado sem qualquer controle.
Por ano as confederações patronais e as centrais sindicais com assento na Concertação Social recebem cerca de 500 mil euros do Orçamento do Estado, através do Conselho Económico e Social (CES). Mas a este valor ainda acrescem mais 551 mil euros de despesas com pessoal do próprio CES e cerca de 90 milhões destinados aos centros protocolares e participação na concertação social.

.Por ano as confederações patronais e as centrais sindicais com assento na Concertação Social recebem cerca de 500 mil euros do Orçamento do Estado, através do Conselho Económico e Social (CES). Mas a este valor ainda acrescem mais 551 mil euros de despesas com pessoal do próprio CES e cerca de 90 milhões destinados aos centros protocolares e participação na concertação social.
(ATENÇÃO CRITICAR O QUE ESTÁ MAL NOS SINDICATOS NÃO É SER CONTRA OS SINDICATOS, MAS SIM CONTRA O QUE ESTÁ MAL NOS SINDICATOS) As lutas sindicais serão na sua maioria uma luta pelas mordomias de alguns, contra o interesse de outros e do todo?
Porque razão os grupos de trabalhadores que mais poder sindical têm, são os que possuem mais regalias e direitos?
Afinal os sindicatos promovem a igualdade de direitos ou apenas lutam por aqueles que lhes dão mais poder e dinheiro? Por aqueles que mais possuem a capacidade de abalar a estabilidade de um governo? De ameaçar e chantagear um governo?
Não devemos subestimar o lado menos bom dos sindicatos porque ele existe e deve ser censurado e não apoiado.
As confederações patronais (CAP, CCP, CIP e Confederação do Turismo) repartem cerca de 500 mil euros, que recebem do Orçamento do Estado com as duas centrais sindicais com assento no Conselho Permanente de Concertação Social, a CGTP e a UGT, revela hoje o jornal i, acrescentando que este valor se tem mantido igual ao longo dos últimos três anos.
Contas do i referem que um montante idêntico é canalizado para as despesas com o pessoal do próprio Conselho Económico e Social (CES), que ascendem a 551,681 mil de euros por ano, e cuja média dos vencimentos dos 17 funcionários, incluindo o do presidente, ronda os 2700 euros mensais em termos brutos.
Assim sendo, no total são cerca de 1,2 milhões de euros transferidos anualmente pela Direcção-Geral do Orçamento para o Conselho Permanente de Concertação Social, cuja função é emitir pareceres obrigatórios, previstos na lei, ou solicitados pelos órgãos de soberania (Governo e Assembleia da República) e, ainda, no exercício do direito de iniciativa, emitir outros pareceres no âmbito da sua missão e competências, sempre que as circunstâncias o justifiquem, explica o jornal i.
Mas, os apoios do Estado aos patrões e sindicatos não se ficam por aqui.
Revela o i que existe uma série de centros protocolares, que os sindicatos e as associações patronais mantêm em conjunto com o Instituto do Emprego Formação Profissional (IEFP) e outras entidades, que também é financiada pelo Orçamento de Estado. Ainda que, neste caso, parte da verba seja concedida também pela União Europeia, nomeadamente através do Fundo Social Europeu.
Neste âmbito, para este ano, acrescenta o jornal, estão previstas transferências no valor de 90,3 milhões de euros para 29 centros co-geridos pelo IEFP e associações representativas do patronato e dos sindicatos

ARTIGO COMPLETO: http://goo.gl/aKBU9Z

Anúncios

Deixar uma resposta. Leave a reply.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s