O povo judeu

Não uma raça, mas muito mais que uma religião, o povo judeu geralmente é descrito como sendo o centro de um triângulo constituído por um Deus, a terra de Israel, e o seu texto sagrado, a bíblia.

A bíblia tem sido a fonte do grande impacto que este pequeno povo (com um número de aproximadamente 13 milhões) tem tido na cultura e na fé mundiais. Os seus primeiros cinco livros são conhecidos como a Torá, que significa ensinar, um termo que se expandiu para incluir uma grande quantidade de conhecimento judaico transcrito durante os séculos. Entretanto, para muitos judeus, os seus ensinamentos são destilados em um único comando pronunciado pela primeira vez por um sábio judeu há cerca de dois mil anos atrás: “Não faça com os outros o que você não gostaria que fizessem consigo.”

A bíblia contém os Dez Mandamentos (no livro bíblico Êxodos, 20:1-13), os ensinamentos morais incluem, entre outros, não só proibições de assassinato e roubo, mas também o comando de manter um dia de descanso semanal, o Shabat, uma marca da fé e da cultura judaica, e o comendo de honrar seu pai e a sua mãe. A bíblia é a base para os ensinamentos de Jesus e do cristianismo, e para o Novo Testamento.

Através dos séculos os judeus acrescentaram o Talmude aos seus textos sagrados. Este é um complemento à Bíblia, que se desenvolveu principalmente depois do povo judeu ser exilado da sua pátria, Israel (veja abaixo), mas lutou para manter conexões uns com os outros, com Deus e com a sua terra. Aprender a bíblia e o Talmude, e o estudo em geral, se tornaram um elemento importante da cultura judaica, como também a antiga língua da bíblia, o hebraico, que foi renovado nos tempos modernos.

Talvez a história mais famosa da bíblia seja o Êxodo, no qual Moisés liderou o povo, então chamado de israelitas e dividido em 12 tribos, da escravidão do Egito para a liberdade. Eventualmente os israelitas entraram na Terra de Israel que, de acordo com a bíblia, Deus prometeu ao primeiro patriarca, Abrão. As doze tribos são descendentes do Abrão através do seu neto, Jacó, que também era chamado Israel.

O evento melhor conhecido na vida de Abrão foi quando Deus o testou chamando-o para sacrificar o seu filho Isaque, apesar de Deus não realmente ter deixado que Abrão o fizesse.

Eventualmente os israelitas estabeleceram um reinado na terra de Israel, liderados por Saul, Davi, Salomão e outros reis. Eventualmente o reinado se dividiu nos ramos do norte e do sul. A parte do norte foi exiladas pelos assírios em 721 aC, e suas tribos desapareceram, tornando-se conhecidas como as Dez Tribos Perdidas.

Davi também é uma figura judia religiosa importante. Ele é o antepassado do salvador tão esperado (o Messias), e o autor de algumas das poesias religiosas mais emocionantes da bíblia, os Salmos. Davi também fez de Jerusalém a capital do povo judeu, comprando a terra no Monte Moriá onde Abrão foi testado, e onde posteriormente o grande santuário conhecido como o Templo seria construído

O Monte Moriá é conhecido hoje em dia como o Monte do Templo. Salomão construiu ali o Primeiro Templo em cerca de 950 aC, que foi destruído pelos babilônios, que exilaram os judeus de sua terra em 586 aC. Mas cerca de 50 anos depois os judeus retornaram e construíram o Segundo Templo, que foi embelezado pelo Rei Herodes perto da época de Jesus. Este também foi destruído em 70 AD pelos romanos.

O Monte do Templo no qual as mesquitas muçulmanas Cúpula da Rocha e Al-Aqsa se encontram hoje em dia, é um dos lugares mais bem conhecidos em Israel, como o Muro das Lamentações, o último remanescente do Templo de Herodes e um lugar sagrado judeu.

No século XIX Theodore Herzl, a quem muitas pessoas chamam do Moisés dos dias modernos, fundou um movimento político moderno para trazer os judeus de volta à antiga terra. O movimento era chamado Sionismo, da palavra “Sião”, um nome para Jerusalém mencionado na bíblia. Desta forma, durante os séculos de exílio, os judeus nunca esqueceram a sua cidade sagrada. Quando o Estado de Israel foi fundado em 1948, Jerusalém se tornou a sua capital.

http://www.goisrael.com.br/Tourism_Bra/Tourist%20Information/Jewish%20Themes/Paginas/The%20Jewish%20People.aspx

Anúncios

Deixar uma resposta. Leave a reply.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s