CAVACO DECLAROU DADOS ERRADOS E PAGOU METADE DO IMI DURANTE 15 ANOS.

Cavaco Silva terá pago de forma indevida apenas metade do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) relativamente a uma casa em Albufeira, durante 15 anos, com base em declarações erradas prestadas às Finanças.

O caso é denunciado pelo jornal Público que salienta que a casa de férias de Cavaco Silva na Urbanização da Coelha, em Albufeira, estava avaliada, para efeitos do IMI, em 199.469 euros desde o ano 2000.

Em 2015, a casa foi reavaliada em 392.220 euros, altura em que se constatou que os dados enviados por Cavaco às Finanças não corresponderiam à área real da habitação, nem às suas características, conforme adianta o jornal.

Segundo o Público,  o ex-Presidente da República terá prestado declarações falsas às Finanças, com base numa casa que realmente “nunca existiu”, fornecendo “dados errados quanto à casa, a sua área e características, que fizeram cair para perto de metade os impostos por ele devidos”.

Durante 15 anos, Cavaco Silva terá assim pago um IMI substancialmente reduzido de forma indevida.

O jornal  “não conseguiu apurar se as Finanças exigiram a Cavaco Silva o diferencial entre os impostos por ele pagos desde 2000 e aqueles que devia ter pago” e realça também que não obteve qualquer esclarecimento do ex-Presidente.

Não foi igualmente possível apurar se a nova avaliação, realizada em 2015, foi efectuada por iniciativa do próprio Cavaco, no sentido de corrigir as alegadas falsas declarações, ou se foram as Finanças a despoletar o processo.

ZAP

Anúncios

Deixar uma resposta. Leave a reply.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s