Há licenciados no turismo a receber apenas 2,5 euros à hora.

Sector vive melhor ano de sempre, com crescimento acima dos 10%. Mas sindicato fala de “situação muito grave”. No 4.º Fórum da Precariedade, no Porto, vai falar-se do lado B deste sucesso.

“Temos um pequeno grupo de pessoas a usufruir de um boom turístico para aumentar a sua riqueza à custa de trabalho precário”, acusa Patrícia Martins.

Segundo o relatório da Organização Mundial do Trabalho, 20% dos trabalhadores portugueses são precários.

O rendimento médio anual de um trabalhador da hotelaria e restauração é 37% inferior à média dos salários noutros sectores.

mariana.pinto@publico.pt

Anúncios

Deixar uma resposta. Leave a reply.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s