"O Pinhal de Leiria" – A culpa foi do D. Dinis.

                Irónico e bem escrito.

“Foi uma ideia original de D. Afonso III e de seu filho D. Dinis, plantador de naus a haver. Estúpidos e meio boçais, nunca apresentaram um Plano de Ordenamento e Gestão Florestal. Depois deles, o filho da mãe do D. Afonso IV não mandou fazer estudos topográficos e geodésicos. D. Manuel I, desmiolado, esqueceu-se de estudar os resíduos sólidos e os recursos faunísticos. D. João V, esse palerma, desprezou os avanços da bioclimatologia e da ecofisiologia das árvores.

  A maluca da D. Maria I não percebia nada de biologia vegetal e da diversidade das plantas. No fundo, era uma reaccionária.

O resultado de sete séculos de incúria está à vista: ardeu tudo.

Há-de ali nascer um novo pinhal, após rigorosos estudos académicos e científicos. Em vez do bolorento nome de Pinhal de El-Rei, irá decerto chamar-se Complexo Bio-Florestal 25 de Abril, com árvores de várias espécies para assegurar a pluralidade, esplanadas e bares, passadiços, zonas culturais — e uma ciclovia asfaltada da Marinha Grande a São Pedro de Moel.

Estou certo de que o projecto assentará numa “visão pós-moderna da natureza” e no “conhecimento da dinâmica dos sistemas vivos”, além da “capacidade de análise e interpretação da paisagem como meio influenciador do homem”.

Bem vistas as coisas, tivemos muita sorte.”

NOTA: O que me espanta é como foi possível. Tantas centenas de anos sem aviões para apagar fogos, sem SIRESP, sem carros de bombeiros, sem autoridade (?) da protecção civil e sem diversificação das espécies … e só agora é que ardeu !!!…

Anúncios

ÁRVORES QUE SE RECUSAM A MORRER…

1- Place Of Enchantment

A Place Of Enchantment

2 -This Palm Tree Fell Over And Curved Right Back Up

This Palm Tree Fell Over And Curved Right Back Up

3 -This Tree Fell Over And Grew 4 More Trees Out Of Itself

This Tree Fell Over And Grew 4 More Trees Out Of Itself

4 -The Only Tree That Survived The Tsunami In Japan Between 70,000 Trees. Today Protected And Restored

The Only Tree That Survived The Tsunami In Japan Between 70,000 Trees. Today Protected And Restored

5 -Tree Of Life – Olympic National Park, Washington

Tree Of Life - Olympic National Park, Washington

6- A Tree’s Root Spill Over The Sidewalk

A Tree's Root Spill Over The Sidewalk

7- Nature FTW

Nature FTW

8 -I Found A Tree Growing Through Speed Limit Sign

I Found A Tree Growing Through Speed Limit Sign

9 -This Tree That Refuses To Die

This Tree That Refuses To Die

10 -This Tree Still Has Its Leaves Because Of The Light Shining On It

This Tree Still Has Its Leaves Because Of The Light Shining On It

11- Life Finds A Way

Life Finds A Way

12 -Tree Roots Extend Across A Gap To The Mainland For Nutrients

Tree Roots Extend Across A Gap To The Mainland For Nutrients

13 -Life Finds A Way

Life Finds A Way

14- Ta Promh Temple In Cambodia

Ta Promh Temple In Cambodia

15 -Striving

Striving

16 -My Grandpa Hung His Skates On A Small Tree When He Was Younger. He Forgot He Had Left Them There And Found Them Years Later

My Grandpa Hung His Skates On A Small Tree When He Was Younger. He Forgot He Had Left Them There And Found Them Years Later

17-A Tree Growing On Another Tree

A Tree Growing On Another Tree

18 -This Tree Is Growing Out Of Another Tree

This Tree Is Growing Out Of Another Tree

19 -This Tree Grew Out Of The Stump Of A Dead Tree And Then The Stump Rotted Away

This Tree Grew Out Of The Stump Of A Dead Tree And Then The Stump Rotted Away

20 -A Tree Grows >From Third Floor Window

A Tree Grows From Third Floor Window

21 -Life Finds A Way

Life Finds A Way

22- I Spent Ages Staring At This Tree Before Taking This Pic. I Hope You Find It As Fascinating As I Did

I Spent Ages Staring At This Tree Before Taking This Pic. I Hope You Find It As Fascinating As I Did

23- This Floating Island That Grew At The End Of A Partially Sunken Tree

This Floating Island That Grew At The End Of A Partially Sunken Tree

24 -This Wooden Chair My Parents Bought Started Sprouting Leaves

This Wooden Chair My Parents Bought Started Sprouting Leaves

25 -The Old Piano Tree

The Old Piano Tree

26 -Trees On A Tree

27 -One Tree On My Street Refused To Accept Winter

https://i0.wp.com/static.boredpanda.com/blog/wp-content/uploads/2017/08/5983187e66777_Q4jSVzFr__700.jpg

28 -My Sister’s Tree Is Eating Her Fence

My Sister's Tree Is Eating Her Fence

Os sintomas de prostatite, teste-se:

    Em 2017, os urologistas da Roménia apresentaram estatísticas assustadoras: mais de 55% dos homens com mais de 40 anos enfrentam problemas de próstata de uma forma ou de outra. Determinar a presença de prostatite é bastante simples e sem educação médica, a maioria dos seus sintomas são específicos:

    • Incómodo e dor aguda

      • na parte inferior da barriga, no escroto

      • na virilha ou do pénis

      • Disúria

        • micção frequente, sensação de queimadura na uretra

        • sensação de esvaziamento incompleto da bexiga

        • diminuição da força e do jacto de urina

        • Disfunção sexual

          • diminuição do desejo sexual

          • deterioração da duração e qualidade da erecção

          • Ejaculação precoce

            • ejaculação precoce ou problemas para alcançá-lo

            • ejaculação fraca

          • Fadiga e irritabilidade do corpo

            Mesmo apesar da óbvia diminuição da qualidade de vida, muitos homens vivem com prostatite há anos, não suspeitando de consequências irreversíveis, que podem parecer mais ou menos compatíveis com a sensação desagradável da vida.

            A prostatite não tratada sempre leva ao adenoma de próstata (“morte masculina”)

            Em parte, podemos entende-los, especialmente considerando o estado da medicina no país. Na maioria esmagadora dos casos após receber um diagnóstico de prostatite em suas mãos, as visitas ao urologista tornam-se um trabalho duro. Os médicos iram aliviar os sintomas mais agudos com medicamentos “recomendados por farmacêuticos”, mas com cada hipotermia ou o não cumprimento do regime, a prostatite “aparece novamente.”

            Wyoming quer multar empresas que usem energias renováveis para produzir electricidade.

            Não sou apologista de ter de pagar subsídios para utilizar a energia eólica, ou solar, etc., pois as empresas devem criar as suas condições de subsistência, mas também não posso deixar de condenar este autentico disparate, que é um retrocesso civilizacional!!!

            -

            Um grupo de senadores e congressistas do estado do Wyoming, nos Estados Unidos, apresentou uma proposta para contrariar as exigências de utilização de energia de fontes renováveis. Aliás, o objectivo é exactamente o oposto: um projecto de lei apresentado este mês quer multar as empresas que forneçam electricidade produzida a partir de energia eólica ou solar.

            O Wyoming é dos principais estados norte-americanos em termos de potencial para a energia eólica, mas as indústrias dos hidrocarbonetos – carvão, petróleo e gás natural – constituem a espinha dorsal da sua economia.

            A energia renovável, acusam alguns, tem sido pesadamente promovida e subsidiada pelo Governo à custa da indústria dos hidrocarbonetos. “Quero a electricidade na minha casa produzida com carvão, porque é a maneira mais barata de a fazer“, afirmou o republicano David Miller, sobre a proposta.

            O presidente do senado, Eli Bebout, disse que não gosta da ideia de penalizar os produtores de energias de fonte renovável. Mas acrescentou que os clientes de electricidade do Wyoming pagam mais do que devem por esta, porque parte da que recebem vem de outros estados que subsidiam a produção de energia renovável.

            “Não acredito que devamos subsidiar as suas crenças e a sua legislação e a sua direcção sobre a forma de produzir renováveis”, argumentou Bebout.

            O Wyoming é o principal estado produtor de carvão dos Estados Unidos, mas alguns analistas questionam se tanto favorecimento deste hidrocarboneto é boa política e se vai embaratecer a factura eléctrica no longo prazo.

            A tendência da produção de energia eólica e solar ficar cada vez mais barata vai continuar nos próximos anos, afirmou Rob Godby, professor associado e director do Centro de Economia de Energia e Políticas Públicas da Universidade do Wyoming.

            A iniciativa dos congressistas do Wyoming para punir a energia renovável “escolhe claramente uma fonte de energia, independentemente do seu custo”, considerou Godby, que acrescentou: “Isto pode prejudicar os contribuintes e os consumidores no Wyoming, tal como o potencial (do Estado) para atrair novas empresas”.

            Nos EUA, existem 37 estados que têm objectivos ou padrões para a inclusão de energia renovável na sua carteira produtiva, incluindo o Havai, que planeou obter toda a sua electricidade a partir de fontes renováveis até 2045. O Wyoming é um dos 13 Estados que não tem qualquer planificação ou objectivos neste assunto.

            Penalizar a energia eólica e solar vai colocar o Wyoming ainda mais desalinhado com o resto do país, afirmou Shannon Anderson, do Conselho de Recursos da bacia do Rio Powder, que trabalha com comunidades rurais para proteger os seus interesses em problemas ambientais suscitados pela produção de hidrocarbonetos.

            https://zap.aeiou.pt/wyoming-quer-multar-empresas-que-usem-energias-renovaveis-para-produzir-eletricidade-146857

            Astrónomos captam sinais de rádio inéditos com origem extraterrestre

            As misteriosas ondas de rádio registadas nos últimos anos têm intrigado os cientistas desde o primeiro surgimento. Agora, um grupo de cientistas australianos detectou três novos sinais misteriosos – e garantem que são extraterrestres.

            Os cientistas da Universidade Nacional da Austrália e Universidade de Tecnologia de Swinburne detectaram os sinais através do Telescópio Molonglo, em Camberra, Austrália.

            O radiotelescópio tem uma área de análise de cerca de 18 mil metros quadrados. Segundo os especialistas, este telescópio é ideal para recolher sinais de rádio, tecnicamente chamados de FRBs (Fast Radio Bursts).

            Mas, em 2013, os astrónomos também perceberam que, devido à sua arquitectura, o telescópio gigante não detecta sinais provenientes da nossa atmosfera.

            As curtas emissões de rádio são difíceis de estudar por aparecerem e desaparecerem muito rapidamente, por isso os cientistas não têm muita informação sobre a sua origem. No entanto, os novos dados indicam que podem ser provenientes de uma nave estelar cósmica ou de uma galáxia distante.

            “Os radiotelescópios convencionais com antena têm dificuldades em captar transmissões com origem para além da atmosfera da Terra”, disse um dos autores do estudo, Chris Flynn da Universidade de Tecnologia de Swinburne, na Austrália.

            Mas, por enquanto, as fontes dos três sinais de rádio detectados permanecem relativamente misteriosas, excepto pelo fato de, claramente, não serem deste planeta. Os astrónomos australianos sugerem que os FRBs são provenientes das constelações Puppis e Hydra.

            Anteriormente, os astrónomos achavam que os sinais de rádio estavam a ser emitidos devido a alguma interferência local. No entanto, esta teoria foi desmentida porque surgiram descobertas que apontam para o espaço.

            “Os sinais de rádio são claramente perceptíveis dada a sua curta duração e origem a grande distância. Não identificamos qualquer origem natural plausível. A origem artificial deve ser considerada e verificada”, destacou Avi Loeb, da Universidade de Harvard.

            Avi Loeb acredita que estes sinais podem ter sido enviados por transmissores gigantescos, utilizados para garantir o funcionamento de naves extraterrestres.

            ZAP // Sputnik News

            acto sexual

            Sabias que o acto sexual:

            DURA APROXIMADAMENTE 8 minutos… a média de penetração do pénis na vagina é de 30 vezes por minuto, o que indica que no acto sexual existem 240 introspecções…

            Uma vez que o pénis tem um tamanho médio de 15 cm em erecção, significa que durante a penetração são introduzidos 3600 cm, ou seja, 36 metros de pénis por relação sexual.

            Geralmente as mulheres fazem amor (com sorte) 3 vezes por semana (isso é o dever, se não for assim preocupe) e como o ano tem 52 semanas, isto significa que em resumo, recebem 5885 metros de Pénis anualmente, ou o que é igual a quase 6 km por ano, ou seja, 1/2 km por mês.

            Então minha amiga, se você não recebeu a sua quilometragem correspondente a esta altura do ano, faça o necessário para cumprir o que a ciência médica estabelece… Nota: alguns metros de mais não lhe farão mal, pelo contrário!!! Vai ajudar a perder peso e melhorar o seu humor e ritmo cardíaco. Então, vamos trabalhar.

            Para minhas amigas: exijam sua quota em quilometragem e um super!!!

            Para meus amigos: cumpram sua quilometragem, que se não, mudam de modelo!!…..

            Jogar às escondidas revela maturidade das crianças.

            Antes que comece a pensar: “Mas as crianças nem sabem brincar às escondidas”, só porque se escondem ao tapar a cara com as mãos, fique a saber que está errado.

            Assim como não é totalmente correta a teoria de alguns psicólogos do desenvolvimento de que aquele é um sinal do egocentrismo típico dos mais pequenos. Ou seja, de que, nas idades pré-escolares, as crianças não teriam capacidade para distinguirem as suas perspectivas dos pontos de vista dos outros. Por isso é que acham que não vendo os outros, os outros não a vêem.

            É que segundo uma nova investigação, realizada na Universidade da Califórnia do Sul (USC, em inglês), nos Estados Unidos, a teoria cai um pouco por terra. A brincadeira das escondidas é até um sinal de uma “maturidade” extraordinária dos mais novos.

            Durante experiências realizadas em laboratório com crianças e adultos, os investigadores detectaram que os mais novos têm a “crença genuína de que a outra pessoa não pode ser vista, ouvida, ou abordada quando os seus olhos, ouvidos ou boca são obstruídos”, conforme revelam os autores do estudo, Henrike Moll e Allie Khalulyan, num artigo no site ‘The Conversation’.

            “Apesar do facto de a pessoa em frente a elas estar bem visível [e a tapar os olhos com as mãos], elas negavam sem rodeios serem capazes de a ver”, afiançam os dois investigadores da USC.

            Moll e Khalulyan concluem que “parece que as crianças jovens consideram o contacto mútuo dos olhos um requisito para uma pessoa ser capaz de ver a outra”, indo ao encontro da “ideia da bio-direccionalidade” e do pensamento “só posso ver-te se me conseguires ver também”.

            “Quando uma criança se esconde cobrindo a cabeça com um lençol, esta estratégia não é resultado do egocentrismo”, ela “simplesmente insiste no reconhecimento e olhar mútuos”.

            Esta aparente “exigência de reciprocidade” das crianças é a prova de que afinal não são nada egocêntricas, mas que parecem revelar uma postura “extraordinariamente madura” que pode até “ser considerada inspiracional”, dizem os autores do estudo.

            “Os adultos podem querer olhar para estes pré-escolares como exemplos-modelo quando se trata de entender e de se relacionar com outros humanos”, escrevem, notando que as crianças parecem assim “primorosamente conscientes de que todos partilhamos uma natureza comum como pessoas que estão em constante interacção com os outros”.

            ZAP // Move